Acampamento Marisa Letícia sofre ataque da Polícia militar de “Beto Richa”

Vídeo publicado ao vivo em 22/9, às 23h, pelo Dilma Resistente, a polícia militar sem mandado judicial buscava invadir o acampamento, em desobediência o que determina a lei.

O autor do vídeo denunciou também que no dia anterior, 21/9, presenciou a abordagem da polícia em revistas a jovens e mulheres, de forma desrespeitosa e sem acompanhamento de policiais mulheres. "Chegaram a revistar as bolsas e pedir que as mulheres chacoalhassem os seios em busca de algo. Isso fere a dignidade da pessoa humana, fere o ordenamento jurídico." afirmou o autor que completa: "não irão invadir o acampamento, que é uma área particular e mesmo que tivessem mandado não poderiam fazê-lo já que o horário os impede [de 6 da manhã às 6 da tarde]".

Edna Dantas, coordenadora geral, disse ter sido abordada junto com integrantes do MST, na frente do Acampamento, por policiais militares que disseram que eles estariam perturbando a ordem e o sossego. "A governadora não pode continuar com esse comportamento agressivo, estavam com cacetetes nas mãos. Novamente estamos sofrendo uma violência do governo do estado, é intimidação", afirmou Dantas.

Estavam no Acampamento aproximadamente 200 pessoas em defesa da liberdade do presidente Lula. A locação do espaço é paga por doações de brasileiros no Brasil e exterior.

Acesse o vídeo: https://twitter.com/DilmaResiste/status/1043687023071186944?s=08

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s