TV 247 entrevista William Tonet, advogado e jornalista angolano. Imperdível!!!

Anúncios

“Marlene, defensora dos Direitos Humanos em MG, ameaçada de morte, mas segue na luta. 23/5/2018.”

Assista a “João Batista Lemos fala do sucesso do Festival Lula Livre e denuncia o golpe” no YouTube

Assista a “Festival Lula Livre – O ator Herson Capri defende o direito de Lula ser candidato” no YouTube

Assista a “Festival Lula Livre” no YouTube

Assista a “FESTIVAL LULA LIVRE – TVT”

Medo de Garotinho força O GLOBO a praticar o que mais sabe: mentir

A Lei da ficha Limpa é claríssima ao prever que somente ficam inelegíveis os candidatos que tenham sido condenados por órgão colegiado em razão de enriquecimento ilícito, o que não é e nunca foi o meu caso. Até mesmo a sentença reconhece que não me enriqueci de forma alguma.

Fonte: Medo de Garotinho força O GLOBO a praticar o que mais sabe: mentir

Demonologia – A ciência que o Brasil explica e exemplifica

Demonologia é disciplina velha, anterior a física newtoniana e o racionalismo cartesiano : persas já tratavam do assunto nas priscas eras da Antiguidade. A sabedoria milenar do Zoroastrismo ensina que a ociosidade, a « mãe da vergonha », invoca os demônios da fome, os demônios da sede, os demônios da sujeição, os demônios da doença e demônio da miséria. Contra eles, principal a arma é o trabalho agrícola. Mas a ociosidade no século XXI é… o diabo ressurgente do desemprego!

Fonte: Demonologia – A ciência que o Brasil explica e exemplifica

“Deputado italiano denuncia perseguição a Lula”

Mídia e Justiça – O Gozo dos Fascistas

O promotor de Justiça, André Guilherme de Freitas, na manhã de terça feira (24) realizou uma inspeção no presidio Bangu 8, indo direito para a cela do ex-governador Sérgio Cabral. Ao ingressar na ala, determinou: “Detentos, todos de cabeça baixa e de frente para a parede”, Sérgio Cabral argumentou que a atitude do promotor era desproporcional, e esse promotor, ao ser contestado, mandou que o enviassem para uma solitária, em um exemplo claro de ilegalidade e abuso de autoridade. Para ilustrar mais um exemplo do arbítrio midiático-judicial, o ex-senador Luiz Estevão, também foi colocado em uma solitária por dez dias no presídio da Papuda no Distrito Federal, em janeiro do ano passado, após a polícia civil encontrar uma cafeteira e chocolate na cela em que estava.

Fonte: Mídia e Justiça – O Gozo dos Fascistas