Fundações lançam manifesto em defesa da democracia no Brasil – Portal Vermelho

Fundações ligadas ao PCdoB, PT, PSB, PDT, PSol e Pros divulgaram manifesto em que defendem o regime democrático brasileiro e a tomada de posição diante do ‘desastre da instauração de um governo de conteúdo ditatorial’. Defende ainda a constituição de uma ampla frente política nacional de defesa da democracia.

Fonte: Fundações lançam manifesto em defesa da democracia no Brasil – Portal Vermelho

Anúncios

Milhares foram às ruas do Brasil pela democracia e contra Bolsonaro – Portal Vermelho

Depois da realização do grande ato #EleNão em 29 de setembro, centenas de milhares de pessoas voltaram a ocupar as ruas de diversas cidades do Brasil neste sábado (20), contra a candidatura de extrema direita de Jair Bolsonaro.

Fonte: Milhares foram às ruas do Brasil pela democracia e contra Bolsonaro – Portal Vermelho

“Basta um soldado e um cabo para fechar o STF”, diz Eduardo Bolsonaro

Eduardo Bolsonaro, deputado, filho do candidato de extrema direita Jair Bolsonaro (PSL), durante uma palestra, pouco antes do primeiro turno, fez uma declaração, no mínimo desrespeitosa e de afronta ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ele afirmou que se a candidatura do pai for impugnada pelo STF, terão "que pagar para ver o que acontece. Será que eles vão ter essa força mesmo? Se quiser fechar o STF você não manda nem um Jipe, manda um soldado e um cabo”.

Fonte: https://www.revistaforum.com.br/em-video-eduardo-bolsonaro-diz-que-basta-um-soldado-e-um-cabo-para-fechar-o-stf/

A violência dos intolerantes

A secretária de mulheres do PT Minas Gerais, Andréia Cangussu, foi agredida hoje, 20/10, pela manhã na Praça Sete, em Belo Horizonte. Em frente a Tenda das Mulheres do PT, Cangussu carregava um estandarte escrito "LGBTI com Haddad", quando um homem aos gritos de "Lula ladrão" a agrediu com um soco nas costas.

"Só uma sociedade doente acha normal e compactua com a ascensão da violência e da discriminação contra nosso direito de ser diferente, contra nosso direito de defender o que acreditamos. A violência jamais me impedirá de estar nas ruas defendendo e lutando por um país democrático. Gritaremos com mais força: #HaddadEManuSim!", escreveu Cangussu no Facebook.

O MITO MICOU

O STE não faz, o WhatsApp faz

Na Folha de São Paulo, a jornalista
Patrícia Campos Melo denunciou o escândalo do Caixa 2 praticado pela campanha de Jair Bolsonaro, candidato à Presidência, no uso de financiamento ilegal de um grupo de empresários para o envio de mensagens com conteúdos falsos – Fake News – em massa.

Em meio ao silêncio sepulcral da instituição TSE – Tribunal Superior Eleitoral, que tem por função a avaliação e o acompanhamento do processo eleitoral, o WhatsApp enviou notificação as agências Quickmobile, Yacows, Croc services e SMS Market ordenando que interrompam o envio de mensagens em massa e a utilização de números de celulares obtidos pela internet, usados pelas empresas para aumentar o alcance dos grupos na rede social. As contas oficialmente vinculadas a estas empresas foram extintas.

Fonte: http://www.tijolaco.net/blog/whatsapp-faz-o-que-tse-nao-fez-e-bloqueia-algumas-maquinas-de-fake-news/

A advogada Flávia Lefèvre fala em entrevista a TVT sobre escândalo da fraude na candidatura de Bolsonaro

A TVT entrevistou a advogada e especialista em direito do consumidor, Flávia Lefèvre. Ela chama a atenção para a responsabilidade do Facebook e do Whatsapp — empresas americanas do mesmo grupo, no vazamento de dados para empresas contratadas para espalhar milhões de mentiras. As fakes news que inundaram a campanha eleitoral, atingem principalmente a população mais pobre que só tem as redes sociais como fonte de informação. Assistam: https://www.youtube.com/watch?v=LkwwpHUiPoA

A velha política e a imprensa velha

O Jornal Nacional, principal telejornal da família Marinho, fez que não viu, não ouviu, o que a Folha ressoou em caixas altas pela manhã: o escândalo de caixa 2 praticado pela campanha de Jair Bolsonaro. Apenas um dos contratos chega a R$ 12 milhões e a soma dos outros contratos podem atingir centenas de milhões de reais.

O telejornal se afundou ainda mais no jornalismo tendencioso que há anos pratica contra o presidente Lula, a esquerda e o PT ao se omitir sobre o escândalo e tratar como sendo uma ação da campanha do candidato atacado pelas fakes news, Fernando Haddad. Minimizou a denúncia. Desrespeitou o trabalho da jornalista da Folha de São Paulo ao não considerar como uma matéria investigativa a denúncia do maior escândalo eleitoral da história do país. Se quer mencionou as possíveis implicações para as eleições de 2018. Um desserviço.

Leia a matéria publicada pelo Catraca Livre: https://www.google.com.br/amp/s/catracalivre.com.br/entretenimento/globo-e-jn-ignoram-polemica-envolvendo-bolsonaro-e-revoltam-web/amp/

Pesquisa Vox populi confirma crescimento de Haddad

O instituto Vox Populi, o que mais se aproximou do resultado no primeiro turno das eleições, realizou primeira pesquisa para o segundo turno.

O novo levantamento foi realizado antes do escândalo do caixa 2 da campanha de Jair Bolsonaro, noticiado pela Folha de São Paulo, que denunciou doações ilegais, no financiamento de disparos para grupos de WhatsApp de Fake News contra o PT.

A pesquisa aponta apenas 6 pontos de diferença entre os candidatos, Bolsonaro com 53% e Haddad com 47%. Haddad apresentou um crescimento de quase 20% na preferência dos eleitores.

Acesse a matéria da Política Atual: https://politicaatual.com/saiu-a-pesquisar-vox-populi-a-unica-que-acertou-no-primeiro-turno-cai-para-6-ponto-veja-os-numero/QNyy

Anita Prestes: Existe ameaça fascista no Brasil? — Blog da Boitempo

Por Anita Leocadia Prestes / “Diante do fenômeno “Bolsonaro” que se explicitou com as eleições deste ano, parte das “esquerdas” se depara com a seguinte questão: podemos afirmar que existe uma ameaça fascista em nosso país? Seria correto identificar esse fenômeno com o fascismo?”

via Anita Prestes: Existe ameaça fascista no Brasil? — Blog da Boitempo

Escândalo: empresários bancam a compra de mensagens contra o PT

Advogado entrevistado pela revista Exame afirma que o caso de caixa 2 da campanha de Bolsonaro, revelado pela Folha de São Paulo, é duplamente qualificado.

Leia a íntegra da matéria: https://exame.abril.com.br/brasil/pt-quer-investigacao-da-campanha-de-bolsonaro-por-praticas-ilicitas/?utm_source=whatsapp